Total de visualizações de página

11 de dez de 2011

EMAGRECIMENTO




Olá pessoas, estava lendo a revista Suplementação, fazia um tempo que já tinha ela, mais sempre dou uma folhada, leio mais algumas coisas e tals. Achei uma pagina que a nutricionista Mônica Antunes G. Forte, especialista em nutrição desportiva publicou um artigo sobre: você também pode emagrecer, resolvi deixar aqui para vocês algumas dicas.

Como faço para emagrecer?
Quando escutamos essa pergunta exitem muitas respostas, dietas das mais variadas formas, chás milagrosos, e até simpatias, todos gostariam de escutar a melhor resposta para o resultado do emagrecimento, mas muitos acabam frustrados porque não alcançam resultados perfeitos. 

Isso mesmo não existe uma fórmula mágica, existe alguns fatores: ESFORÇO, DISCIPLINA, DETERMINAÇÃO e FORÇA DE VONTADE.


O balanço calórico negativo, ou seja, a pessoa deve ingerir menos caloria do que gasta. Assim uma das maneiras para emagrecer esta pronta: é fazer exercícios e comer menos. Mas isso todos já sabem, vamos ver algumas maneiras de ativar o metabolismo e acelerar a queima de gordura.




O que deixa o metabolismo mais lento?


  • alimentos industrializados e processados:que encontramos maléficas substâncias como os corantes, conservantes, agrotóxicos, assim como a farinha branca, açucar refinado, sal e gordura hidrogenada.

  

Para acelerar mais nosso organismo devemos priorizar os alimentos naturais e os orgânicos como: frutas, legumes, verduras, grãos e sementes. 
Os alimentos refinados: açúcar e farinha branca podem ser substituídos pelos integrais, que apresentam maior teor de fibras, vitaminas e minerais essenciais na manutenção do organismo, ajudando o funcionamento do intestino, acelerando a eliminação das toxinas, resíduos metabólicos, gorduras, além de melhorar a absorção dos nutrientes.

Para emagrecer é importante evitar o consumo de açucares e carboidratos simples, pois esses componentes tem uma velocidade de digestão rápida, aumentando a produção de insulina no corpo, fazendo com que esse aumento acumule gordura.

Fibras:  ajudam no controle glicêmico, modulando a resposta da insulina. Devem ser usados antes das refeições, com a finalidade de diminuir a absorção de gordura e do açucar, alguns exemplos: quitosana, a fibra da casca do maracujá e linhaça. Relevando que as fibras proporcionam saciedade, fazendo comer menos.

Micronutrientes importantes que são sinalizadores de insulina, fazendo com que a glicose seja usada como energia e não acumulo de gordura.
Cromo, vanádio, magnésio, vitaminas do complexo B, ômega 3.

Para a queima de gordura acontecer, as reações quimicas devem ter todas as condições de serem realizadas  isso acontece na presença principalmente de vitaminas e minerais, que são considerados controladores do metabolismo.

O que comer?
* 3 a 5 frutas diferentes;
* 5 porções de legumes e verduras;
Fornecem vitaminas e minerais, além dos antioxidantes que fazem neutralização dos radicais livres.

* refeições a cada 3 horas;
períodos que excedem 4 horas sem comer deixam o metabolismo mais lento, e uma queima menor de gordura.

* lanches: frutas, castanhas, granola, iogurtes e cookies integrais.

* 2 litros de água/dia;
sem uma quantidade adequada de água impossibilita transportar todos esses nutrientes, além de desidratação e o corpo fica inabilitado a produzir energia e queimar gordura.

* termogênicos: chá verde, cafeína, taurina, casca de laranja amarga, guaraná.


O processo de emagrecimento é complexo, porém é possível de acontecer, principalmente se tivermos um foco na qualidade de vida, pois além de reduzir a ingestão de comida e aumentar o gasto de energia, devemos melhorar a qualidade de nossa dieta, fazendo com que o nosso corpo funcione em sua máxima capacidade.

Beijos, boa semana! Para inspirar: ALICE MATOS.




GABIS!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário