Total de visualizações de página

17 de jul de 2011

SUPLEMENTOS - MALTODEXTRINA E DEXTROSE

Oii galera, andei um pouco sumida, mas sempre que posso seleciono um material pra postar aqui pra vocês.


Larissa Reis


Falar um pouco de suplementação: MALTODEXTRINA E DEXTROSE, algumas duvidas frequentes que sempre são ouvidas nas academias.


DEXTROSE

  • A dextrose, mais conhecida como glicose, é a fonte principal de energia do corpo. 
  • A dextrose é quimicamente considerada um carboidrato simples. Ela é o açúcar principal que o corpo produz. O corpo produz glicose a partir dos 3 elementos dos alimentos: a proteína, a gordura e o carboidrato.
  •  Porém a maior parte é do carboidrato. A dextrose, por ser um carboidrato simples com o alto índice glicêmico de 111 no ranking, é digerida rapidamente, o que estimula a liberação da insulina.
MALTODEXTRINA
  • Maltodextrina é um carboidrato complexo
  • A maltodextrina contém polímeros de dextrose/glicose, compostos de açúcar unidos que são mais fáceis para o corpo assimilar e usar.


DEXTROSE X MALTODEXTRINA

Digestão - Apesar da Maltodextrina ser um carboidrato complexo, você não precisa se deixar levar por isso. A união dos compostos que formam a maltodextrina e a tornam um carboidrato “complexo” são fracos e extremamente simples o que faz com que a digestão dela seja somente um pouco mais lenta que a Dextrose.


Índice Glicêmico - Quanto maior o índice glicêmico do carboidrato maior vai ser o pico de insulina. Quanto maior o pico de insulina, maior vai ser o transporte de nutrientes para dentro das células, como as proteínas, creatina, glutamina, bcaas, entre outros nutrientes(por isso malto e dextrose são utilizados no pós-treino, junto de whey, creatina, etc). De uma forma simples, o índice glicêmico é um sistema de ranking numérico que indica como um carboidrato eleva a glicose no sangue e conseqüentemente a insulina, no qual a dextrose tem o valor de 111 contra 105 da Maltodextrina.  Ambos são elevado, a maltodextrina pode gerar um pico de insulina quase tão alto como a Dextrose.

Conclusão
Sendo assim, as principais “diferenças” entre malto e dextrose são mínimas, o mesmo podemos dizer para o preço das duas.  Se o seu objetivo for usar dextrose ou malto para a reposição de glicogênio que foi perdido durante o treino e elevação da insulina para aumentar a absorção de outros nutrientes como proteína, tanto uma como outra vai conseguir fazer o trabalho com total eficácia, mas se você não sabe com qual delas você tem melhores resultados, faça como a maioria dos fisiculturistas fazem, prepare uma dose com 50% de dextrose e 50% de malto e os seus problemas estarão resolvidos.


BOA NOITE =)

Um comentário:

  1. Muito bom a descrição de dois maiores carboitrados usados em academias, parabens

    ResponderExcluir